15/12/14

Receita: rolinho primavera

Categoria:

Dificuldade: 
Classificação: 

De todas as pessoas que eu conheço, 100% gostam de rolinho primavera. Acho dificil não gostarem, pois é uma massinha finíssima frita, com um recheio super saboroso. E depois que a gente vê o trabalho que dá para fechar a massinha sem que ela se rasgue... puts, aí fica melhor ainda! Hahaha

Ingredientes:

  • 30ml de óleo
  • 6 unidades de massa de rolinho primavera quadrada (Em São Paulo, encontramos no bairro Liberdade)
  • Acelga cortada em tirinhas fininhas
  • Repolho branco cortado em tirinhas fininhas
  • 1/2 uni de cenoura cortada em tirinhas fininhas
  • 50g de salsão cortado em tirinhas fininhas
  • 50g de patinho moído
  • 50g de camarão 7 barbas
  • Sal, pimenta do reino e glutamato monossódico (Ajinomoto)
  • 1 ovo
  • Quanto baste de óleo de gergelim torrado (Liberdade!)

Modo de preparo:
1. Escalfar os camarões e reservar.
2. Saltear a carne na wok até cozinhar.
3. Adicionar os legumes (cenoura, salsão, repolho e acelga), depois o camarão e saltear
rapidamente.
4. Temperar com sal, pimenta e glutamato de sódio.
5. Finalizar com um fio de óleo de gergelim torrado.
6. Reservar o recheio e resfriar em uma travessa. Escorrer o excesso de líquido (apertar com a
mão).
7. Fazer os rolinhos colocando o recheio sobre a metade da massa de rolinho primavera e fechando muito bem, mas com cuidado para ela não rasgar. Antes de fechar completamente, dobre as laterais, como se fosse um envelope, para que o recheio não caia pelos lados. Pincele um pouco de ovo na massa para ela fechar.
8. Fritar por imersão em óleo quente.

Para imprimir esta receita, clique no título e, depois, clique aqui:
Print Friendly and PDF

08/12/14

Faculdade: enfim, formada!

Categoria:



É isso aí, pessoal. Vocês me acompanharam desde o início da minha faculdade até hoje, o fim dela. Já passei por TCC e por semana de provas... ufa!
Estive um pouco ausente por causa do nervosismo com as provas. Eu não consigo me concentrar em outras coisas quando tem algo mais importante acontecendo. Mas no final deu tudo certo!
Agora posso voltar pra academia, hehehe. 

Na verdade, nesse ano eu não me empenhei em nada para escrever sobre a faculdade no blog. O primeiro semestre foi porque estava muito chato, corrido, difícil. Tive aulas de cozinha asiática, italiana e confeitaria. Todas muito legais, mas com muita coisa pra aprender. Um milhão de temperos em cozinha asiática, achei que fosse reprovar nessa matéria. E um milhão de regras em confeitaria.
Eu e várias pessoas da minha turma achamos o terceiro semestre o pior de todos. Se sobreviveu a ele, sobrevive ao quarto!
Já o quarto semestre foi mais legal, e mais tranquilo também. De segunda não tínhamos aulas, mas tínhamos reuniões de grupo de TCC. Na verdade, a faculdade de gastronomia (pelo menos na Anhembi Morumbi é assim) não tem TCC. Tem um evento que fazemos, mas ele é muito importante e é um tipo de trabalho de conclusão. Então é assim que o chamamos.
Nesse evento nós escolhemos o tema (o meu foi bistrô francês), o cardápio com um limite de custo estipulado pela faculdade, e chamamos nossos parentes para visitar o evento. O nosso foi muito bom! Problemas acontecem, mas nenhum grupo foi perfeito. O que importa é que, no final, o evento aconteceu e deu tudo certo.
Além da faculdade, ainda tive que me concentrar no meu estágio da Barilla, que acaba no final desse mês.

Não sei dizer se esse ano foi bom, teve muitos altos e baixos. Mas foi um ano bastante "conclusivo". Terminei a faculdade - não desisti dela antes, eba! hahaha -, vou terminar meu estágio, enfim.. termina uma fase muito importante na minha vida. Mas ano que vem começam outras coisas: emprego novo na área de consultoria de bares e restaurantes, pós-graduação, etc e tal.

Digitar esse post até me deixou cansada por relembrar esse ano da faculdade, hahaha. Mas o curso de gastronomia é muito, muito legal. Gostei demais.

Obrigada pela visita!

24/11/14

Separando e juntando dinheiro

Categoria:

Guardar dinheiro não é fácil, principalmente se você sempre acha que tudo no mundo é lindo e você precisa dessas coisas lindas. Eu não gasto muito, costumo até ser bem mão de vaca e pesquiso bem os preços antes de comprar algo (principalmente livros, como falei aqui ), mas mesmo assim o dinheiro vai embora porque é tudo muito caro - e se não é caro, aproveito para comprar várias coisas hahaha.
O fato é: eu quero muito me mudar, ter uma casa ou apartamento, viajar, ter um casamento bonito... mas não dá para fazer tudo isso sem se esforçar e guardar dinheiro. Sendo assim, bolei um plano:

Vamos supor que você receba um salário de R$ 1000 (triste a vida). Crie duas contas no banco, uma conta poupança e outra corrente, mas que valha somente para o cartão de débito (para não cair em tentação hehe). Desses R$ 1000, pegue R$ 600 e guarde na poupança. Do que sobrou, deixe R$ 100 na carteira para emergências, como algum lugar que não aceite cartão de débito (é comum isso, infelizmente pra nós) ou para o ônibus; os outros R$ 300 deixe na conta corrente.
Todo mês fique com esses dois últimos valores com você. Ou seja, deixe sempre R$ 300 na conta corrente e R$ 100 na sua carteira. Sempre que você não gastar o "crédito" do mês passado, jogue na conta poupança. Assim você se limita a gastar no máximo R$ 400 por mês (o que é muito, vamos rever as necessidades e ajustar esses valores aí!) e, sempre que sobrar, vai aumentando a poupança.
A vantagem de ter uma conta poupança é que, se você não tirar o dinheiro por um tempinho, ele rende um pouco. É como se o banco pegasse seu dinheiro emprestado e tivesse um mês para devolvê-lo com juros, mas é claro que esses juros são baixíssimos - ainda assim é dinheiro "de graça", hahaha.
A minha dica é essa, mas acima de tudo você precisa ter consciência do que quer, se esforçar, precisa planejar e ver se o que você quer é possível. Não adianta querer uma cobertura duplex de 5 milhões de reais (eu vi uma esses dias e me apaixonei... agora tudo parece um lixo!) se você está desempregado e não faz nada para conseguir um emprego bacana. Claro que você sempre pode apelar para o casamento com uma pessoa rica, mas deixe isso como último opção, hahaha.


12/11/14

Plano de fundo muito fofo para celular

Categoria:
http://weheartit.com/entry/139334176/search?context_type=search&page=13&query=cellphone
Eu simplesmente amo as ilustrações do site Trenchmaker. E, fuçando nele, encontrei papéis de parede animados lindos para colocar no celular com sistema Android! Já baixei uns três, todos eles são de graça.
Funciona assim: vá para o aplicativo Play Store e, no campo de busca, digite "Jason Allen" (acredito que seja o desenvolvedor das ilustrações animadas). Escolha um papel de parede, escolha "instalar" e pronto! Você já tem um celular 1000 vezes mais fofinho hahaha
Você também pode baixar diretamente pelo site e, depois, passar o conteúdo para o celular. É só clicar no site que linkei acima e escolher o seu plano de fundo.

Eu até procurei no iPhone, mas não achei. Acho que não fazem para iOS.
Obrigada pela visita!

11/11/14

Receita: breadsticks

Categoria:

Dificuldade: 
Classificação: 

Quem já foi na Pizza Hut deve ter experimentado os breadsticks, que são massinhas recheadas, como se fossem pizzas fechadas. São tirinhas feitas com massa de pão e, geralmente, recheadas com pepperoni. Essa receita eu aprendi na minha faculdade, mas mudei os recheios para atum com catupiry e calabresa com mussarela! Nhaaaaammmm!

Ingredientes:
  • 500g de farinha de trigo
  • 20g de açúcar
  • 10g de fermento biológico seco instantâneo (vende-se no mercado normal)
  • 10g de sal
  • 25ml de azeite
  • 260ml de água (pode acabar indo um pouco mais, caso a massa fique muito seca)
  • Ervas desitradadas (como orégano) e também alho e cebola desidratados, à gosto
  • Recheio de sua preferência
Modo de preparo:

1. Dissolver o fermento na água. Em um bowl, adicionar a farinha, o azeite e o fermento com a água. Misture e sove muito bem, até que a massa fique macia. Dica: pegue um pedacinho da massa e tente abri-la um pouco com os dedos. Se ela rasgar, é porque o glúten ainda não está muito desenvolvido e você precisa sovar mais. Adicione o açúcar e, depois, o sal. Sovar mais um pouco e dividir a massa em duas partes iguais.
2. Bolear e deixar as massas descansarem sobre superfície untada e coberta com filme até dobrarem de volume.
3. Abrir as massas com ajuda de um rolo em formato retangular.
4. Sobre uma das massas acrescentar os recheios desejados.
5. Fechar o pão com a segunda massa e apertar bem as bordas, fechando a massa.
6. Colocar a massa sobre assadeira untada com óleo. Com um pincel, molhe um pouco a superfície da massa, para pegar um pouco de cor. Polvilhe ervas desidratadas por cima.
7. Assar em forno a 190ºC por 15 a 20 minutos com calor úmido (vapor). Para quem não tem um forno combinado, coloque uma vasilha refratária com água dentro do forno, para a água evaporar e poder deixar a massa um pouquinho mais corcante.
8. Depois de assado, cortar em pedaços, deixar esfriar e colocar a cobertura.

Para imprimir esta receita, clique no título e, depois, clique aqui:
Print Friendly and PDF

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...